Shows

CASA FECHADA

domingo | 04_12 13h30

Neste domingo, o JazzBrunch, no JazzB, estará excepcionalmente suspenso em função das manifestações marcadas para acontecer em SP, que devem comprometer o trânsito e a logística na cidade. 

Desde já, nos desculpamos por qualquer inconveniência. Em breve divulgaremos nova data do show do Thiago Alves Quarteto. Não deixe também de acompanhar a programação da semana!

Equipe JazzB


Vanessa Moreno Quarteto

quarta | 07_12 21h00

Música popular brasileira e canção. Neste show no JazzB, uma das maiores revelações da música atual, a cantora Vanessa Moreno apresenta releituras do cancioneiro brasileiro, em arranjos com influências do jazz, sem perder o suingue da música brasileira. Ao lado de Vanessa, os músicos Fábio Leal (guitarra), Wagner Vasconcelos (bateria) e Fi Maróstica (baixo) interpretam compositores como Milton Nascimento, Tom Jobim e Chico Pinheiro.

Vanessa já se apresentou como convidada ao lado de Roberto Menescal, um dos ícones da Bossa Nova. Cantou também ao lado grande músicos como Toninho Ferragutti, Cléber Almeida, Arismar do Espírito Santo, Michel Leme, Filó Machado, Zé Pitoco e Chico Pinheiro. E integrou por 4 anos o projeto "Saraivada", de Chico Saraiva.

Outro projeto de Vanessa é em parceria com o contrabaixista Fi Maróstica, um trabalho em duo, que tem como "madrinha musical" a cantora e compositora Rosa Passos. O primeiro CD do duo, intitulado "Vem Ver", foi indicado como um dos destaques de música brasileira em Tóquio e alguns shows deste trabalho contaram com participações de cantoras como Monica Salmaso e Luciana Alves.

Com Vanessa Moreno (voz), Fábio Leal (guitarra), Fi Maróstica (baixo) e Wagner Vasconcelos (bateria).


Entrada: R$25

Lista de Desconto:com nome na lista os primeiros 20 clientes a chegarem ganham uma cerveja long neck!

Série Discos Históricos | Time Out de Dave Brubeck por Leonardo Muniz, Daniel Grajew, Maurício Caetano e Gibson Freitas

quinta | 08_12 21h00

Dando continuidade à Série Discos Históricos, o saxofonista  Leonardo Muniz virá ao palco do JazzB na companhia do pianista Daniel Grajew, do baixista Gibson Freitas e do baterista Maurício Caetano para apresentar o repertório de um dos álbuns mais conhecidos e admirados do Jazz, ‘Time Out’, do grupo The Dave Brubeck Quartet.

O álbum foi lançado em 1959 e caracteriza-se pelo pioneirismo no uso de compassos inusitados no jazz, como ocorre com as composições ‘Take Five’) e ‘Blue Rondo a la Turk’. O quarteto é composto por Dave Brubeck (piano), Paul Desmond (saxofone alto), Eugene Wright, (contrabaixo) e Joe Morello (bateria).

Para Daniel, “Time Out” é um portal criado por Brubeck para os ritmos ímpares, tão comuns no oriente mas pouco usuais no universo do jazz até então. Uma concepção que poderia parecer exótica ou de difícil compreensão acabou se tornando um dos discos mais populares do jazz, caindo no gosto de todas as gerações seguintes.

Vindo de uma família musical, Dave Brubeck (1920 - 2012) começou a aprender piano aos 4 anos de idade com sua mãe e violoncelo aos 9. Após se formar em 1942 na University of the Pacific, em Stockton (Califórnia), ele ingressou no exército e serviu durante a Batalha do Bulge em Ardennes, onde ele Paul Desmond.

Nesse show, temas como “Take Five” e “Blue Rondo À La Turk”, assim como temas menos conhecidos mas não menos interessantes, como “Castillian Drums” e “Blue Shadow In The Street”.

Brubeck estudou composição com renomados compositores como Darius Milhaud e em 1951 criou seu quarteto.

Com Leonardo Muniz (sax), Daniel Grajew (piano),  Maurício Caetano (bateria) e Gibson Freitas (baixo).


Entrada: R$35

Lista de Desconto:com nome na lista os primeiros 20 clientes a chegarem ganham uma cerveja long neck!

Duofel

sexta | 09_12 22h00

Nas mãos de Luiz e Fernando, o violão brasileiro soa como órgão, teclado sintetizado, guitarra elétrica, violino, gaita, violoncelo, flauta andina, gaita escocesa e muito mais.

De repente, dois violões se transformam numa orquestra multicultural que tocam qualquer música de qualquer parte do planeta de uma maneira brasileiríssima.



O trabalho do DUOFEL é resultado de 37 anos de pesquisa do paulistano, Luiz Bueno e do alagoano, Fernando Melo. Nesta apresentação no JazzB, o duo apresenta show que reune a linguagem pop com The Beatles, a visão ímpar de clássicos da MPB e algumas de suas quase 200 composições próprias. tocando em seis diferentes tipos de violões, clássico, aço, 12 cordas, viola caipira e tenor e dos mais inusitados “jeitos e maneiras” mostrando técnica refinada e criatividade nas experimentações.

Os músicos se conheceram em 1977 e, já no ano seguinte, começaram a tocar com dois violões e não pararam mais. Foi no começo da parceria que surgiu o nome “DUOFEL”, que significa: dupla Fernando e Luiz. O duo lançou diversos discos, com os quais colecionam excelentes críticas, prêmios e indicações, como o Prêmio Sharp, o Prêmio Vista e o Prêmio da Música Brasileiras. E vem se apresentando em importantes clubes de Jazz ou festivais nos Estados Unidos, França, Alemanha, Bélgica e Suíça.

Entre os álbuns, destaque para o “DUOFEL 20”, gravado “ao vivo” no Teatro Municipal de São Paulo, com a participação especial de Hermeto Pascoal e Oswaldinho do Acordeon. E mais recentemente, o álbum dedicado aos Beatles (2010), que rendeu excelente recepção da crítica e do público, e gravação de DVD, em Liverpool, no The Caven Club. Em 2013, Duofel celebrou os 35 anos desta parceria criativa com shows inusitados, novos instrumentos e lançando o CD “DUOFEL PULSANDO MPB”.

“O DUOFEL não é um duo, é um trio, às vezes um quarteto e outras uma banda inteira, por isso acho que deveriam mudar o nome para TRIO DU’CA”. Hermeto Pascoal

Duofel é uma tempestade, uma rajada de vento que sacode o público. Não há como ficar indiferente às suas conseqüências sobretudo, no que diz respeito às novas gerações de músicos que  ouvindo o Duofel tomam um banho de inventividade, se encharcam de criatividade.


Com Luiz Bueno (violões) e Fernando Melo (violões).


Entrada: R$35

Lista de Desconto:com nome na lista os primeiros 20 clientes a chegarem ganham uma cerveja long neck!

Pepe Cisneros Trio

sábado | 10_12 22h00

Música popular cubana. Jazz. Standards.

Pepe Cisneros traz um show de arrepiar, interpretando de forma eletrizante clássicos da música cubana e jazz, em formação que destaca o talento de cada um dos instrumentistas.

O pianista cubano estudou na “Escuela Nacional de Arte de Havana (ENA)”, e durante sua carreira já compartilhou o palco com os mestres Arturo Sandoval e Pucho Lopez. Hoje reside no Brasil e desenvolve sua carreira como pianista, arranjador e produtor musical. Entre seus trabalhos, atuações com Toninho Horta, Milton Nascimento, Caetano Veloso, Omara Portuondo e Elza Soares, entre muitos outros.

Pepe é diretor artístico do Cuba07, projeto com uma linguagem moderna do latin jazz , com a combinação de três estilos muito marcantes da musica: a rumba de Chano Pozo, o jazz de Dizzy Gillespie e a bossa nova de Tom Jobim.

Com Pepe Cisneros (piano), Aniel Someillan (baixo) e Eduardo Espasande (bateria)


Entrada: R$35

Lista de Desconto:com nome na lista os primeiros 20 clientes a chegarem ganham uma cerveja long neck!

JazzBrunch com Jazz Brothers | JazzB

domingo | 11_12 13h30

JazzBrunch é o novo projeto do JazzB que traz sessões musicais e gastronômicas aos domingos.

Nessa edição teremos o projeto Jazz Brothers. cos irmãos Cuca e Wilson Teixeira, para uma tarde de clássicos do jazz tocados de forma impecável.

Em família ou em voo solo, o portfólio internacional dos brothers que inclui apresentações com George Benson, Scott Henderson, Edsel Gomes, Joe Lavano, Avishai Cohen, Bob Brookmayer, Joe LaBarbera, Wally Wilson e Gary Nicholson.

O baterista Cuca Teixeira tem um reconhecido talento, com carreira que abrange com maestria vários gêneros musicais, como jazz, música popular brasileira, rock. Trabalhou com Maria Rita, tocando nas gravações de vários de seus CD’s, bem como participando de suas turnês. Fez parte da banda de Paula Lima, com quem também gravou. Hermeto Pascoal, Dominguinhos, Raul de Souza, são alguns entre os mestres brasileiros com quem já tocou.

O saxofonista Wilson Teixeira iniciou seus estudos com Hector Costita e prosseguiu como autodidata. Profissionalmente, começou na banda de seus pais e, ao longo de sua carreira, tem participado de muitas formações de jazz tradicional, nos estilos: Dixieland, Chicago, Kansas City, Swing e outros.

Com Wilson Teixeira (saxofone), Gabriel Gaiardo (piano), Nino Nascimento (baixo) e Cuca Teixeira (bateria).  


Entrada: R$25

Lista de Desconto:com nome na lista os primeiros 20 clientes a chegarem ganham uma cerveja long neck!

Zé Pitoco e Raspa de Tacho | Homenagem a Luiz Gonzaga

terça | 13_12 21h00

No dia do aniversário do Rei do Baião, convidamos Zé Pitoco, clarinete, o saxofone e a zabumba, um dos maiores representantes da música nordestina em São Paulo para prestar uma homenagem ao grande Luiz Gonzaga. Zé Pitoco estará com seu finíssimo grupo, Raspa de Tacho e terá participação especial do sanfoneiro, Olivinho!

Com grande atuação na cena musical brasileira, Zé Pitoco é um grande representante da música regional nordestina em São Paulo. Transitando sempre com muita maestria entre o clarinete, o saxofone e a zabumba, esse pequeno notável exprime todo o cotidiano de um nordestino que vive na capital paulista, em música.

Junto com a ‘Raspa do Tacho’, grupo formado por Rubinho Antunes no trompete, Vinícius Gomes na Guitarra, Fi Maróstica no contrabaixo e Cleber Almeida na percussão, Zé Pitoco vem pra esquentar o frio de junho com muito samba, coco, baião, maracatu, dentro de uma releitura jazzística, com temas de Dominguinhos, Luiz Gonzaga, Pixinguinha e Gilberto Gil, além de composições autorais.

Noite pra remexer o esqueleto!

Com Zé Pitoco (clarinete, saxofone e zabumba), Rubinho Antunes (trompete), Vinicius Gomes (guitarra), Fi Marostica (contrabaixo), Cleber Almeida (percussão) e Olivinho (sanfona).



Entrada: R$25

Lista de Desconto:com nome na lista os primeiros 20 clientes a chegarem ganham uma cerveja long neck!

Zé ManoeL

quarta | 14_12 21h00

O jovem pianista, compositor e cantor pernambucano Zé Manoel que vem colhendo belos (e justos) elogios a seu trabalho, se apresenta pela primeira vez no JazzB ao lado do violoncelista baiano Filipe Massumi, do baterista paulista Sérgio Reze, além da participação especial da sanfoneira Lívia Mattos. O repertório passará pelas canções dos dois discos do pianista, além de releituras de canções de outros compositores.

Em 2015 o jovem pianista pernambucano Zé Manoel lançou o álbum, ‘Canção e Silêncio’, com patrocínio do Natura Musical e produção musical de Carlos Eduardo Miranda e Kassin. Com edição japonesa pelo selo Core Port, o álbum esteve nas principais listas de melhores do ano de 2015 no Brasil e no Japão. O show de lançamento contou com a direção do diretor pernambucano João Falcão e ocorreu em João Pessoa, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Seu mais recente disco, “Delírio de um romance a céu aberto”, está arrebatando elogios da crítica e público.

Como muito bem apontou o jornalista, cronista, pesquisador de música popular José Teles, Zé nasceu em Petrolina, onde são onipresentes as águas do “Velho Chico”, e é morador no Recife, cidade entrecortada de rios e que tem o mar como ponto de confluência - sendo assim, Zé Manoel não tinha como não fazer das águas, doce e salgada, seu referencial em canções, melodias e arranjos que apoderam-se do ouvinte como o rio São Francisco inundando terras ribeirinhas, lenta e inexoravelmente.

“Há uma história central que serve de roteiro para toda a escuta do disco. É uma história real de um pescador da cidade de Olinda, que ao se deparar com a morte e desaparecimento no mar, do seu filho, também pescador, depois de tentativas frustradas de resgate pelos bombeiros, resolve armar a sua rede e com toda sua experiência e sabedoria de homem do mar, consegue pesca-lo”, comenta Zé Manoel.

Com Zé Manoel (piano e composições), Filipe Massumi (violoncelo), Sergio Reze (bateria) e participação especial de Lívia Mattos (sanfona).


Entrada: R$25

Lista de Desconto:com nome na lista os primeiros 20 clientes a chegarem ganham uma cerveja long neck!

Adonis Rose Quinteto (EUA)

quinta | 15_12 21h00

O baterista Adonis Rose nasceu e cresceu na cidade de Nova Orleans, que é conhecida por ser o local de nascimento do jazz há mais de um século. Adonis tem atuado como músico com os maiores nomes do local e, de passagem por São Paulo, fará uma apresentação única ao lado dos excelentes músicos Vitor Alcantara (saxofone), Lupa Santiago (guitarra), Leandro Cabral (piano), Sizão Machado (contrabaixo) e Adonis Rose (bateria).

Adonis Rose começou a tocar bateria ainda criança e teve seu pai como seu primeiro professor. Ainda durante o colégio Adonis cursou o “New Orleans Center for the Creative Arts”. Anos depois entrou para a ‘Berklee College of Music’ em Boston, para um curso de 4 anos. No entanto, após cursar 2 anos, ele escolheu deixar o curso para continuar tocando e viajando em turnê com músicos como Marcus Roberts, Nicholas Payton, Betty Carter e Marlon Jordan. Em 1995 Adonis se tornou membro da prestigiada “Lincoln Center Jazz Orchestra.”

Atualmente ele toca ao lado de outros grandes do jazz como Roland Guerin, Irvin Mayfield, Derek Douget e Nicholas Payton.

Como membro do quinteto do trompetista Nicolas Payton, participou dos discos ‘Payton Place’ (1997), ‘Nick At Night’ (1999) e ‘Caro Louis’ (2001), ao lado de Tim Warfield (sax tenor), Anthony Wonsey (piano) e Reuben Rogers (baixo). Rose também contou com a participação deles nas gravações de seus dois primeiros discos: ‘Song For Donise’ (1998) e ‘The Unity’ (1999). O repertório inclui temas próprios, além de composições de grandes nomes como Wayne Shorter e George Gershwin.

Com Vitor Alcantara (saxofone), Lupa Santiago (guitarra), Leandro Cabral (piano), Sizão Machado (contrabaixo) e Adonis Rose (bateria).



Entrada: R$35

Lista de Desconto:com nome na lista os primeiros 20 clientes a chegarem ganham uma cerveja long neck!

Toninho Ferragutti Quinteto | JazzB

sábado | 17_12 22h00

Toninho Ferragutti é músico, compositor, arranjador. Um dos mais importantes acordeonistas do Brasil, transita com qualidade técnica e expressiva por diversos gêneros da música de nosso país. Neste show no JazzB, traz seu mais recente projeto, uma formação em quinteto com grandes músicos e com uma sonoridade que se aproxima do jazz.

Possui extensa participação em centenas de CDs e shows de artistas importantes no Brasil e no exterior, Toninho possui um trabalho autoral importante; possui 10 discos solo e em parceria lançados, com indicações a vários prêmios, entre eles Grammy Latino e o Prêmio da Música Brasileira.

O quinteto que reúne o super time - Cássio Ferreira (saxofone), Vinicius Gomes (guitarra), Thiago Espirito Santo (baixo elétrico) e Cleber Almeida (bateria), é a formação que participa do recém-lançado disco de Ferragutti, “A Gata Café” (Borandá). O repertório faz uma viagem por sonoridades do jazz, do choro, do leste europeu, do lirismo de uma valsa ou de temas mais tradicionais. Sempre com a sofisticação dos arranjos e composições e com espaço para improvisos inspirados deste grande quinteto. Imperdível!

Com Toninho Ferragutti (acordeon), Cássio Ferreira (saxofone), Vinicius Gomes (guitarra), Thiago Espirito Santo (baixo elétrico) e Cleber Almeida (bateria).

Chegando até 20h o ingresso é R$ 25!


Entrada: R$35

Lista de Desconto:com nome na lista os primeiros 20 clientes a chegarem ganham uma cerveja long neck!

Shows do Mês

quinta | 08_12 21h00

Série Discos Históricos | Time Out de Dave Brubeck por Leonardo Muniz, Daniel Grajew, Maurício Caetano e Gibson Freitas

Dando continuidade à Série Discos Históricos, o saxofonista  Leonardo Muniz virá ao palco do JazzB na companhia do pianista Daniel Grajew, do baixista Gibson Freitas e do baterista Maurício Caetano para apresentar o repertório de um dos álbuns mais conhecidos e admirados do Jazz, ‘Time Out’, do grupo The Dave Brubeck Quartet.

O álbum foi lançado em 1959 e caracteriza-se pelo pioneirismo no uso de compassos inusitados no jazz, como ocorre com as composições ‘Take Five’) e ‘Blue Rondo a la Turk’. O quarteto é composto por Dave Brubeck (piano), Paul Desmond (saxofone alto), Eugene Wright, (contrabaixo) e Joe Morello (bateria).

Para Daniel, “Time Out” é um portal criado por Brubeck para os ritmos ímpares, tão comuns no oriente mas pouco usuais no universo do jazz até então. Uma concepção que poderia parecer exótica ou de difícil compreensão acabou se tornando um dos discos mais populares do jazz, caindo no gosto de todas as gerações seguintes.

Vindo de uma família musical, Dave Brubeck (1920 - 2012) começou a aprender piano aos 4 anos de idade com sua mãe e violoncelo aos 9. Após se formar em 1942 na University of the Pacific, em Stockton (Califórnia), ele ingressou no exército e serviu durante a Batalha do Bulge em Ardennes, onde ele Paul Desmond.

Nesse show, temas como “Take Five” e “Blue Rondo À La Turk”, assim como temas menos conhecidos mas não menos interessantes, como “Castillian Drums” e “Blue Shadow In The Street”.

Brubeck estudou composição com renomados compositores como Darius Milhaud e em 1951 criou seu quarteto.

Com Leonardo Muniz (sax), Daniel Grajew (piano),  Maurício Caetano (bateria) e Gibson Freitas (baixo).

Entrada: R$35

Lista de Desconto:com nome na lista os primeiros 20 clientes a chegarem ganham uma cerveja long neck!

sexta | 09_12 22h00

Duofel

Nas mãos de Luiz e Fernando, o violão brasileiro soa como órgão, teclado sintetizado, guitarra elétrica, violino, gaita, violoncelo, flauta andina, gaita escocesa e muito mais.

De repente, dois violões se transformam numa orquestra multicultural que tocam qualquer música de qualquer parte do planeta de uma maneira brasileiríssima.



O trabalho do DUOFEL é resultado de 37 anos de pesquisa do paulistano, Luiz Bueno e do alagoano, Fernando Melo. Nesta apresentação no JazzB, o duo apresenta show que reune a linguagem pop com The Beatles, a visão ímpar de clássicos da MPB e algumas de suas quase 200 composições próprias. tocando em seis diferentes tipos de violões, clássico, aço, 12 cordas, viola caipira e tenor e dos mais inusitados “jeitos e maneiras” mostrando técnica refinada e criatividade nas experimentações.

Os músicos se conheceram em 1977 e, já no ano seguinte, começaram a tocar com dois violões e não pararam mais. Foi no começo da parceria que surgiu o nome “DUOFEL”, que significa: dupla Fernando e Luiz. O duo lançou diversos discos, com os quais colecionam excelentes críticas, prêmios e indicações, como o Prêmio Sharp, o Prêmio Vista e o Prêmio da Música Brasileiras. E vem se apresentando em importantes clubes de Jazz ou festivais nos Estados Unidos, França, Alemanha, Bélgica e Suíça.

Entre os álbuns, destaque para o “DUOFEL 20”, gravado “ao vivo” no Teatro Municipal de São Paulo, com a participação especial de Hermeto Pascoal e Oswaldinho do Acordeon. E mais recentemente, o álbum dedicado aos Beatles (2010), que rendeu excelente recepção da crítica e do público, e gravação de DVD, em Liverpool, no The Caven Club. Em 2013, Duofel celebrou os 35 anos desta parceria criativa com shows inusitados, novos instrumentos e lançando o CD “DUOFEL PULSANDO MPB”.

“O DUOFEL não é um duo, é um trio, às vezes um quarteto e outras uma banda inteira, por isso acho que deveriam mudar o nome para TRIO DU’CA”. Hermeto Pascoal

Duofel é uma tempestade, uma rajada de vento que sacode o público. Não há como ficar indiferente às suas conseqüências sobretudo, no que diz respeito às novas gerações de músicos que  ouvindo o Duofel tomam um banho de inventividade, se encharcam de criatividade.


Com Luiz Bueno (violões) e Fernando Melo (violões).

Entrada: R$35

Lista de Desconto:com nome na lista os primeiros 20 clientes a chegarem ganham uma cerveja long neck!

sábado | 10_12 22h00

Pepe Cisneros Trio

Música popular cubana. Jazz. Standards.

Pepe Cisneros traz um show de arrepiar, interpretando de forma eletrizante clássicos da música cubana e jazz, em formação que destaca o talento de cada um dos instrumentistas.

O pianista cubano estudou na “Escuela Nacional de Arte de Havana (ENA)”, e durante sua carreira já compartilhou o palco com os mestres Arturo Sandoval e Pucho Lopez. Hoje reside no Brasil e desenvolve sua carreira como pianista, arranjador e produtor musical. Entre seus trabalhos, atuações com Toninho Horta, Milton Nascimento, Caetano Veloso, Omara Portuondo e Elza Soares, entre muitos outros.

Pepe é diretor artístico do Cuba07, projeto com uma linguagem moderna do latin jazz , com a combinação de três estilos muito marcantes da musica: a rumba de Chano Pozo, o jazz de Dizzy Gillespie e a bossa nova de Tom Jobim.

Com Pepe Cisneros (piano), Aniel Someillan (baixo) e Eduardo Espasande (bateria)

Entrada: R$35

Lista de Desconto:com nome na lista os primeiros 20 clientes a chegarem ganham uma cerveja long neck!

domingo | 11_12 13h30

JazzBrunch com Jazz Brothers | JazzB

JazzBrunch é o novo projeto do JazzB que traz sessões musicais e gastronômicas aos domingos.

Nessa edição teremos o projeto Jazz Brothers. cos irmãos Cuca e Wilson Teixeira, para uma tarde de clássicos do jazz tocados de forma impecável.

Em família ou em voo solo, o portfólio internacional dos brothers que inclui apresentações com George Benson, Scott Henderson, Edsel Gomes, Joe Lavano, Avishai Cohen, Bob Brookmayer, Joe LaBarbera, Wally Wilson e Gary Nicholson.

O baterista Cuca Teixeira tem um reconhecido talento, com carreira que abrange com maestria vários gêneros musicais, como jazz, música popular brasileira, rock. Trabalhou com Maria Rita, tocando nas gravações de vários de seus CD’s, bem como participando de suas turnês. Fez parte da banda de Paula Lima, com quem também gravou. Hermeto Pascoal, Dominguinhos, Raul de Souza, são alguns entre os mestres brasileiros com quem já tocou.

O saxofonista Wilson Teixeira iniciou seus estudos com Hector Costita e prosseguiu como autodidata. Profissionalmente, começou na banda de seus pais e, ao longo de sua carreira, tem participado de muitas formações de jazz tradicional, nos estilos: Dixieland, Chicago, Kansas City, Swing e outros.

Com Wilson Teixeira (saxofone), Gabriel Gaiardo (piano), Nino Nascimento (baixo) e Cuca Teixeira (bateria).  

Entrada: R$25

Lista de Desconto:com nome na lista os primeiros 20 clientes a chegarem ganham uma cerveja long neck!

terça | 13_12 21h00

Zé Pitoco e Raspa de Tacho | Homenagem a Luiz Gonzaga

No dia do aniversário do Rei do Baião, convidamos Zé Pitoco, clarinete, o saxofone e a zabumba, um dos maiores representantes da música nordestina em São Paulo para prestar uma homenagem ao grande Luiz Gonzaga. Zé Pitoco estará com seu finíssimo grupo, Raspa de Tacho e terá participação especial do sanfoneiro, Olivinho!

Com grande atuação na cena musical brasileira, Zé Pitoco é um grande representante da música regional nordestina em São Paulo. Transitando sempre com muita maestria entre o clarinete, o saxofone e a zabumba, esse pequeno notável exprime todo o cotidiano de um nordestino que vive na capital paulista, em música.

Junto com a ‘Raspa do Tacho’, grupo formado por Rubinho Antunes no trompete, Vinícius Gomes na Guitarra, Fi Maróstica no contrabaixo e Cleber Almeida na percussão, Zé Pitoco vem pra esquentar o frio de junho com muito samba, coco, baião, maracatu, dentro de uma releitura jazzística, com temas de Dominguinhos, Luiz Gonzaga, Pixinguinha e Gilberto Gil, além de composições autorais.

Noite pra remexer o esqueleto!

Com Zé Pitoco (clarinete, saxofone e zabumba), Rubinho Antunes (trompete), Vinicius Gomes (guitarra), Fi Marostica (contrabaixo), Cleber Almeida (percussão) e Olivinho (sanfona).


Entrada: R$25

Lista de Desconto:com nome na lista os primeiros 20 clientes a chegarem ganham uma cerveja long neck!

quarta | 14_12 21h00

Zé ManoeL

O jovem pianista, compositor e cantor pernambucano Zé Manoel que vem colhendo belos (e justos) elogios a seu trabalho, se apresenta pela primeira vez no JazzB ao lado do violoncelista baiano Filipe Massumi, do baterista paulista Sérgio Reze, além da participação especial da sanfoneira Lívia Mattos. O repertório passará pelas canções dos dois discos do pianista, além de releituras de canções de outros compositores.

Em 2015 o jovem pianista pernambucano Zé Manoel lançou o álbum, ‘Canção e Silêncio’, com patrocínio do Natura Musical e produção musical de Carlos Eduardo Miranda e Kassin. Com edição japonesa pelo selo Core Port, o álbum esteve nas principais listas de melhores do ano de 2015 no Brasil e no Japão. O show de lançamento contou com a direção do diretor pernambucano João Falcão e ocorreu em João Pessoa, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Seu mais recente disco, “Delírio de um romance a céu aberto”, está arrebatando elogios da crítica e público.

Como muito bem apontou o jornalista, cronista, pesquisador de música popular José Teles, Zé nasceu em Petrolina, onde são onipresentes as águas do “Velho Chico”, e é morador no Recife, cidade entrecortada de rios e que tem o mar como ponto de confluência - sendo assim, Zé Manoel não tinha como não fazer das águas, doce e salgada, seu referencial em canções, melodias e arranjos que apoderam-se do ouvinte como o rio São Francisco inundando terras ribeirinhas, lenta e inexoravelmente.

“Há uma história central que serve de roteiro para toda a escuta do disco. É uma história real de um pescador da cidade de Olinda, que ao se deparar com a morte e desaparecimento no mar, do seu filho, também pescador, depois de tentativas frustradas de resgate pelos bombeiros, resolve armar a sua rede e com toda sua experiência e sabedoria de homem do mar, consegue pesca-lo”, comenta Zé Manoel.

Com Zé Manoel (piano e composições), Filipe Massumi (violoncelo), Sergio Reze (bateria) e participação especial de Lívia Mattos (sanfona).

Entrada: R$25

Lista de Desconto:com nome na lista os primeiros 20 clientes a chegarem ganham uma cerveja long neck!

quinta | 15_12 21h00

Adonis Rose Quinteto (EUA)

O baterista Adonis Rose nasceu e cresceu na cidade de Nova Orleans, que é conhecida por ser o local de nascimento do jazz há mais de um século. Adonis tem atuado como músico com os maiores nomes do local e, de passagem por São Paulo, fará uma apresentação única ao lado dos excelentes músicos Vitor Alcantara (saxofone), Lupa Santiago (guitarra), Leandro Cabral (piano), Sizão Machado (contrabaixo) e Adonis Rose (bateria).

Adonis Rose começou a tocar bateria ainda criança e teve seu pai como seu primeiro professor. Ainda durante o colégio Adonis cursou o “New Orleans Center for the Creative Arts”. Anos depois entrou para a ‘Berklee College of Music’ em Boston, para um curso de 4 anos. No entanto, após cursar 2 anos, ele escolheu deixar o curso para continuar tocando e viajando em turnê com músicos como Marcus Roberts, Nicholas Payton, Betty Carter e Marlon Jordan. Em 1995 Adonis se tornou membro da prestigiada “Lincoln Center Jazz Orchestra.”

Atualmente ele toca ao lado de outros grandes do jazz como Roland Guerin, Irvin Mayfield, Derek Douget e Nicholas Payton.

Como membro do quinteto do trompetista Nicolas Payton, participou dos discos ‘Payton Place’ (1997), ‘Nick At Night’ (1999) e ‘Caro Louis’ (2001), ao lado de Tim Warfield (sax tenor), Anthony Wonsey (piano) e Reuben Rogers (baixo). Rose também contou com a participação deles nas gravações de seus dois primeiros discos: ‘Song For Donise’ (1998) e ‘The Unity’ (1999). O repertório inclui temas próprios, além de composições de grandes nomes como Wayne Shorter e George Gershwin.

Com Vitor Alcantara (saxofone), Lupa Santiago (guitarra), Leandro Cabral (piano), Sizão Machado (contrabaixo) e Adonis Rose (bateria).


Entrada: R$35

Lista de Desconto:com nome na lista os primeiros 20 clientes a chegarem ganham uma cerveja long neck!

sábado | 17_12 22h00

Toninho Ferragutti Quinteto | JazzB

Toninho Ferragutti é músico, compositor, arranjador. Um dos mais importantes acordeonistas do Brasil, transita com qualidade técnica e expressiva por diversos gêneros da música de nosso país. Neste show no JazzB, traz seu mais recente projeto, uma formação em quinteto com grandes músicos e com uma sonoridade que se aproxima do jazz.

Possui extensa participação em centenas de CDs e shows de artistas importantes no Brasil e no exterior, Toninho possui um trabalho autoral importante; possui 10 discos solo e em parceria lançados, com indicações a vários prêmios, entre eles Grammy Latino e o Prêmio da Música Brasileira.

O quinteto que reúne o super time - Cássio Ferreira (saxofone), Vinicius Gomes (guitarra), Thiago Espirito Santo (baixo elétrico) e Cleber Almeida (bateria), é a formação que participa do recém-lançado disco de Ferragutti, “A Gata Café” (Borandá). O repertório faz uma viagem por sonoridades do jazz, do choro, do leste europeu, do lirismo de uma valsa ou de temas mais tradicionais. Sempre com a sofisticação dos arranjos e composições e com espaço para improvisos inspirados deste grande quinteto. Imperdível!

Com Toninho Ferragutti (acordeon), Cássio Ferreira (saxofone), Vinicius Gomes (guitarra), Thiago Espirito Santo (baixo elétrico) e Cleber Almeida (bateria).

Chegando até 20h o ingresso é R$ 25!

Entrada: R$35

Lista de Desconto:com nome na lista os primeiros 20 clientes a chegarem ganham uma cerveja long neck!

Veja também:


Toninho Ferragutti Quinteto | JazzB

quarta | 17_12 22h00

Quer receber novidades e descontos? Inscreva-se!

Yeah!
Email cadastrado com sucesso!

Aviso!
Preencha o campo email corretamente.

Email já cadastrado anteriormente.

Erro ao enviar, tente novamente.